Nova Escola de Marketing

O que é Marketing de Relacionamento?

O Marketing de Relacionamento, quando bem aplicado, consegue resultados excelentes para a empresa. Trata-se de uma relação contínua e crescente, buscando alcançar o nível mais elevado de atitude dos clientes em relação à uma marca.

Dentre os inúmeros benefícios do Marketing de Relacionamento, podemos destacar uma maior mobilidade por parte da empresa, a percepção positiva e a proximidade com o cliente que é estabelecida através da utilização desta ferramenta.

A ideia é fazer com que os contatos passem a conhecer novos produtos da marca em questão. Além disso, espera-se que essas pessoas falem positivamente sobre a própria experiência como usuária do produto ou serviço – gerando um “marketing viral”, que possibilita escalar o negócio e atingir novos clientes.

Para implantar o Marketing de Relacionamento é preciso possuir uma boa base de dados (CRM) para consolidar o cadastro. Dessa forma, é possível identificar uma visão única, que contempla toda a sua carteira de clientes, com informações precisas sobre as pessoas que farão o seu negócio girar. Atualmente, encantar e tratar o cliente de forma personalizada desponta como uma excelente estratégia competitiva.

O Marketing de Relacionamento nas Redes Sociais

Através das Redes Sociais, as empresas conseguem a façanha de projetar a sua mensagem para um universo com um alcance cada vez maior. Essa facilidade trouxe luz para a necessidade de uma atenção com a imagem positivo nos meios digitais. Afinal, falamos de uma esfera de imediatismo, de ações instantâneas com potenciais positivos, se bem administrados; e destrutivos, em casos de descontrole com esses canais.

É preciso um esforço em gerar conteúdo qualificado para que os clientes criem uma proximidade com a sua empresa. Esse conteúdo será o elo que vai conferir relevância para o seu negócio (o contrário também pode acontecer, em caso de uma produção de conteúdo sem planejamento ou foco nas Personas corretas).

A soma de bons conteúdos, ações relevantes, relacionamento pautado em necessidades e dores do seu “target” e as ferramentas eficazes das redes sociais possibilitam o aumento das vendas, muitas vezes de forma indireta – quando a pessoa se sente atraída pelo produto, sem que haja uma mensagem direta para a venda. Esse processe de persuasão gera um aumento na base de leads, que, consequentemente, poderão vir a experimentar o produto ou serviço oferecido.

O Facebook e o Linkedin são as redes sociais mais utilizadas pelas empresas para trabalhar o branding. Outro braço forte é o e-mail marketing e o Blog corporativo, que auxiliam consideravelmente nas ações de conteúdo, compra e recompra. Muitos profissionais de Marketing estão se especializando para obter conhecimento e saber trabalhar as ferramentas para seduzir o cliente. Atualmente, quanto mais conteúdo qualificado a empresa tiver, maior visibilidade e conceito vai adquirir no mercado.

Por que investir em Marketing de Relacionamento?

Preparar uma equipe qualificada contribui diretamente para o sucesso de uma organização. Vale a pena rever a estrutura da empresa e trabalhar a imagem da mesma – esse tipo de ação auxilia nos processos de prospecção e fidelização de carteira de clientes.

Em um mercado cada vez mais competitivo, não é só o produto ou serviço oferecido que faz diferença e, sim, a possibilidade de cativar o usuário – isso que destaca uma empresa em meio a concorrência. Um grande erro é confundir bom atendimento com Marketing de Relacionamento, transformar um cliente em fã é algo totalmente diferente, que requer muita inteligência.

Ao conhecer bem o seu consumidor final, a empresa vai conseguir atender de uma forma mais personalizada: com objetivo de atender desejos, sanar dúvidas, suprir uma determinada carência, atender expectativas e criando uma proximidade com a outra ponta do processo. Se essa engrenagem funciona de maneira eficaz, o cliente fica satisfeito, a empresa vende mais e o faturamento aumenta, ou seja, uma relação de ganho para todas as parte envolvidas.
O marketing de relacionamento vai além das ações de publicidades e a venda de mensagens promocionais.Com o crescimento do mercado online e também das plataformas móveis o marketing de relacionamento está evoluindo cada vez mais. Os avanços tecnológicos abriram novos canais de comunicação social e colaborativa, com uma gama de possibilidades.

O Marketing de Relacionamento deve criar e manter uma relação saudável e positiva entre o seu negócio e os clientes. Lembre-se que, este processo é ininciado a partir do primeiro contato entre as duas partes. Na sequência, é importante aprimorar e fortalecer as bases que vão sustentar essa “dobradinha”.

Lembre-se que o poder de escolha está nas mãos do cliente, que são as pessoas mais importantes para a empresa que almeja ser excelência em fidelização e referência em seu segmento. Logo, acima de tudo, não perca o foco em encantar o cliente com um bom atendimento, ações surpreendentes, qualidade nos resultados e prestação de serviço assertiva – agindo assim, dificilmente este cliente terá vontade de migrar para a concorrência.

Rafael Rez

Autor do livro "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI". Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2013. Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor de Pós e MBA em diversas instituições de ponta. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

Opinar





Patrocinadores

Web EstratégicaMonetizze

Mantenedores

LaharSEMRushLeadLoversSambatechClint.digitalUnbounce

Marketing focado
em resultados!  

Receba o melhor conteúdo de marketing no seu e-mail toda semana: