Professor aqui da Nova Escola dispara: "pelo menos 8 de cada 10 empresas não tem um processo de vendas estruturado..."
Nova Escola de Marketing
Rogério Costa, professor do curso prático de Inbound Marketing

Conheça quem é Rogério Costa, o lendário Matofino

Cursos de Marketing Digital

Especialista em atendimento e vendas, Rogério ministrará o Curso Prático de Inbound Marketing

Um profissional que carrega como “fórmula de sucesso” o FAZER, Rogério Costa (ou Matofino, como é conhecido no Marketing Digital) orgulha-se de ser vendedor e de ter feito sua primeira venda ‘de verdade’ aos seis anos de idade – quando ainda nem tinha noção do valor do dinheiro.

Por aí, percebe-se o talento nato deste profissional, que tem como uma de suas principais habilidades a arte da venda, aliando estratégia, gestão do negócio, treinamento e, claro, muita mão na massa!

Fazemos um convite a você, leitor, para conhecer mais a fundo o Matofino, nosso professor do curso intensivo de vendas “Curso Prático de Inbound Marketing” e que tem como lema de vida “tocar fogo no mundo”, quando o assunto é alavancar comunicação digital. Bora conhecê-lo?

NMKT – Quem é o Rogério Costa?

RC – Consultor e professor especializado em gestão e melhoria de performance de negócios, há dez anos atua profissionalmente no mercado de Internet. Toco minha empresa desde 2011, faço palestras em diversos eventos de negócios e comunicação/marketing, professor universitário, além de auxiliar profissionais por meio de mentoria. No varejo/comércio, ocupei cargos na área de vendas e gestão empresarial.

Atendo clientes nos ramos de educação, mídia e conteúdo, saúde, turismo, indústria de papelaria, além de ministrar palestras em eventos de negócios e marketing.

Sou um cara indignado com o tecnicismo desenfreado da nossa área e sempre mantive o foco nas pessoas e na solução de seus problemas. Dia após dia, faço um esforço para que o empresário entenda quemarketing é Ativo/Investimento e, dessa forma, gera riqueza para o negócio.

NMKT – Por que Matofino?

RC – Tudo começou na primeiro dia de aula em São Paulo, aos meus 13 anos, quando revelei que vinha do estado do Mato Grosso. Como sempre fui magro, daí veio o trocadilho e o apelido pegou tão forte que hoje faz parte da minha identidade.

No mundo digital, sou mais conhecido pelo apelido – ou, como diz Rafael Rez, o lendário Matofino.

Só uma observação: sobre o “moleque da escola” que pregou o apelido, somos amigos até hoje e fui padrinho de casamento dele.

NMKT – Alguns cases que você conseguiu alavancar

RC – Tenho vários! Desde desenvolvimento de site até consultoria estratégica de Inbound Marketing para projeto nacional em diversos ramos de negócio. Para que você tenha uma melhor noção dos projetos que atendi, destaco quatro cases, dadas as dimensões dos resultados alcançados.

Impunsiona é um programa de educação esportiva que de fato gera impacto nas escolas. O desafio era desenhar uma estratégia sem parecer que estávamos usando técnicas de Inbound Marketing e Funil de Vendas, além de integração da equipe. Hoje, mais de 70% da demanda em torno da plataforma de ensino e-Proinfo é gerada pelo Impulsiona e os professores de educação física se engajaram pra valer. A produção e entrega de conteúdo está rodando com força total. Minha rotina com eles dá conta de palestras sobre Marketing de Conteúdo, treinamento técnico de planejamento de conteúdo e ferramentas e orientação técnica para equipe de comunicação.

Meta Real é outro case na área de educação/saúde. Como diz a fundadora da empresa, era um cliente totalmente “analfabyte” e a nutrição de marketing começou com o time interno. Além do resultado comprovado em vídeo, adaptamos o produto deles para plataforma de ensino online e com isso eliminamos barreiras referente ‘praça de atendimento’ (do mix de marketing).

 

Portal ERP começou com redesenho de toda arquitetura da informação, considerando boas práticas de SEO, lá em 2011. Reconhecidos pelo mercado como o maior e melhor canal especializado em ERP, a veículação de notícias e campanhas de marketing é frenética, sendo que o investimento em PPC não representa nem 10% do tráfego. Hoje, concentramos força na otimização de processos de automação e melhor qualificação e relacionamento com a base de leads.

Carbrink é o cliente mais antigo do meu portfolio! Quando cheguei lá em 2009, o diretor tinha uma máquina de datilografia na mesa. Três anos depois ele passou responder email via smartphone e hoje toda plataforma de marketing e vendas é digital e roda de forma integrada e em nuvem. Esse é um daqueles cases em que SEO e conteúdo fizeram toda a diferença ao ponto de ter reportagens em diversos canais de TV rodando em rede nacional – o que gerou um problema bom para os times de produção logística da fábrica.

NMKT – Na sua opinião, qual será o futuro do marketing digital, com a importância cada vez maior das redes sociais?

RC – Digo que é vital em quase todos os processos de comunicação, seja no dia a dia pessoal ou ambiente profissional e corporativo.

O marketing deixou de ser marketing e deu lugar para a educação. Somando isso com a forte mudança de comportamento da sociedade, além das rupturas tecnológicas, o meio Internet ganha força e dá ainda mais poder para as pessoas. As marcas serão desafiadas com mais rigor e terão que considerar ao pé da letra a função da publicidade: informar. E como você informa? Gerando conteúdo. Conteúdo com “C” maiúsculo e não um “CRTL+C” de coisas do Google.

Com isso, as ferramentas que compõem todo o ecossistema digital (erroneamente chamado de marketing digital) continuarão evoluindo e cada vez mais serão relevantes para as empresas.

NMKT – Por que as empresas ainda patinam quando o assunto é alavancar as vendas usando marketing digital?

RC – A evolução digital das marcas ainda é lenta e, segundo estudo encomendado pelo Google, o maior problema ainda está nas áreas de TI, jurídico e financeiro que travam investimentos em inovação para área comercial, entre outras áreas.

Além disso, arriscaria dizer que pelo menos 8 de cada 10 empresas não dispõem de um processo de vendas estruturado, documentado e embarcado em tecnologia que ajude o vendedor de fato a focar no ato de vender.

Se você não comunica indicadores chave, não acompanha os números, não dispõe de um processo deliberadamente alinhado com a regra de negócio da empresa, terceiriza totalmente a responsabilidade para a área comercial, como pode alavancar o resultado de venda no final do mês?

NMKT – Um dos maiores desafios de muitos pequenos empreendedores é alavancar as vendas com pouco investimento. É possível? Como?

RC – Sim. Claro que é possível! Você pode estruturar um processo de vendas, definir indicadores no papel de pão. E, pasmem, atitude é um comportamento que depende muito mais do líder do que dinheiro! Depois, com a chegada de soluções por assinatura e em nuvem (SaaS), temos excelentes ferramentas como CRM de vendas – Pipedrive, por exemplo, que custam menos de R$ 40,00 pela licença mensal.

Recomendo a leitura do texto A maioria das empresas brasileiras precisa começar a investir no Ativo de Marketing ainda este ano, por quê?, publicado aqui no site Nova Escola de Marketing. Têm dicas interessantes.

NMKT – Qual a sua dica para aqueles que ainda não enxergam a importância de investir em marketing digital?

RC – Já pensou que o conteúdo produzido pela sua empresa pode fazer seu site rodar como se fosse um vendedor trabalhando 24h/dia? Sempre digo que mais importante do que aparecer no Google é estabelecer relacionamento com o clientes, antes e depois da venda. Isso é atração total, é Inbound Marketing. A grande importância de investir em estratégias digitais é que na internet há espaço para todas as empresas competirem, independente do tamanho. Ganhará mais clientes aquela que tiver uma estratégia bem focada, que significa ter um conteúdo relevante ao seu público-alvo e mantiver com frequência uma comunicação assertiva com qualidade.

E tudo isso pode parecer complexo e fazer as pessoas desistirem antes de conhecerem o processo de Inbound Marketing, quando, na verdade, o trabalho mais pesado é a produção de conteúdo de qualidade, aliada ao planejamento estratégico, que segue um tipo de rota, um passo a passo a ser seguido.

Quer ver uma ação simples para você começar fazer agora? Adote uma ferramenta de CRM de vendas como Agendor, Pipedrive, PipeRun ou qualquer outro software da categoria e cadastre toda sua carteira de cliente, além de registrar todo o histórico de atendimento. Em pouco tempo saberá claramente quais decisões tomar, conseguirá indentificar o motivo pelo qual aqueles clientes que bateram na trave e não fecharam negócio com a sua empresa. Percebe como faz toda a diferença ter clareza de critérios e objetivos na sua empresa? É o que sempre digo aos empresários: se fizeres o básico bem feito, garanto que perceberá impacto financeiro no resultado de vendas já no primeiro mês.

Gostou da entrevista? Venha aprender na prática com o Matofino, o passo a passo para começar já a implantar o Inbound Marketing e transformar o site da sua empresa em um “vendedor 24h”.

Rafael Rez

Autor do livro "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI". Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2013. Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor de Pós e MBA em diversas instituições de ponta. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

Cursos de Marketing Digital

Opinar
















Patrocinadores

Web EstratégicaMonetizze

Apoiadores

SEMRushLeadLoversSambatechUnbounceHuggyDigital Manager Guru