Nova Escola de Marketing
Inbound Marketing
Black Week Marketing Digital

Conteúdo e Inbound Marketing

O termo Inbound Marketing, ou “marketing de atração” também se refere à atração passiva – e não invasiva – dos usuários para um site, pensando na conversão e na geração de leads, sempre através de conteúdo, social media e SEO.

É bem parecido com a ideia de Marketing de Conteúdo, mas enquanto esse tipo de marketing é mais voltado para o relacionamento e o envolvimento com o consumidor, o Inbound Marketing traz uma visão mais comercial, relativa ao funil de vendas, ou seja, pensa em como atrair o visitante para a conversão interna do site.

Criar conteúdo relevante e distribuí-lo através de uma variedade de canais online selecionados, participar de comunidades do setor da empresa e otimizar seu site é essencial para o marketing de qualquer empresa atualmente. E é sobre isso que o Marketing de Conteúdo também fala.

Mas o Inbound Marketing, apesar de ser usado como sinônimo de Marketing Digital muitas vezes, é mais limitado. Isso porque o relacionamento precisa ser mantido além da conversão do cliente na primeira vez. Isso quer dizer que no Marketing de Conteúdo existe um trabalho maior de relacionamento e fidelização, ao invés do esforço – através de estratégias semelhantes – para trazer o usuário para o site e fazer somente a conversão. Isso significa que o Inbound Marketing está dentro das estratégias do Marketing de Conteúdo, que trabalha de forma mais completa e holística o conceito de conteúdo e relacionamento com o cliente. Para diferenciar, pense em blogs informativos mantidos por empresas. Não é “marketing de entrada”, é conteúdo para geração de algo mais profundo do que somente o funil de compra.

Se o marketing da empresa se concentrar apenas no Inbound Marketing tem grandes chances de falhar ou desperdiçar a possibilidade de utilizar uma estratégia mais ampla para fidelização e retenção de clientes.  E isso se faz levando conteúdo a serviço dos clientes.

Obviamente, a estratégia a ser adotada depende dos objetivos e das necessidades da empresa.

O Inbound Marketing concentra-se principalmente no momento da conversão. De uma perspectiva do Marketing de Conteúdo, este é o lugar onde você, através da troca de conteúdo envolvente, incentiva o cliente a ‘permitir’ que você ofereça ofertas para ele. Isso serve para compras, registro em evento, cadastro, assinatura de newsletter, etc. Com a permissão do cliente, você pode levá-lo para o ciclo de compra. Com o ciclo de compra você já tem uma tonelada de informações, com todos os resultados de como o seu produto pode ser a melhor solução.

Marketing de conteúdo depende da forma como você o faz. E a forma como você o faz depende dos seus objetivos. Assim, pode ser que você esteja apenas tentando conseguir mais leads no processo de vendas e marketing, e nesse caso, o Inbound Marketing pode ser vantajoso.

Rafael Rez

Autor do livro "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI". Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2013. Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor de Pós e MBA em diversas instituições de ponta. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

Cursos de Marketing Digital

Opinar
















Patrocinadores

Web EstratégicaMonetizze

Apoiadores

SEMRushLeadLoversSambatechUnbounceHuggyDigital Manager Guru