Nova Escola de Marketing
Marketing Digital

Marketing digital: você pode estar fazendo errado!

O mundo passou por uma revolução na década de 90 com a chegada da Internet. Décadas se passaram e a popularização da internet transformou-a na moeda do século XXI. Socialmente, a internet tem um papel fundamental na luta contra os maiores problemas sociais, como a miséria, fome e desemprego. Basta saber usá-la da maneira correta.

A internet é um novo universo.

marketing digital é apenas uma maneira de viver nesse universo.

Antes de prosseguirmos para o entendimento do conceito de marketing, precisamos entender o básico:

1. O que é marketing?

  • É a entrega de satisfação para o cliente em forma de benefício (KOTLER e ARMSTRONG, 1999).
  • É a atividade, conjunto de instituições e processos para criar, comunicar, distribuir e efectuar a troca de ofertas que tenham valor para consumidores, clientes, parceiros e a sociedade como um todo. (AMA — American Marketing Association — Definição 2008)
  • É uma função organizacional e um conjunto de processos que envolvem a criação, a comunicação e a entrega de valor para os clientes, bem como a administração do relacionamento com eles, de modo que beneficie a organização e seu público interessado. (AMA — American Marketing Association — Definição 2005).
  • ‘A função básica do marketing é identificar as necessidades do consumidor e desenvolver produtos que os satisfaçam. Assim sendo, a função do marketing dentro de uma organização vai além da identificação das necessidades e desejos do consumidor, determinar quais mercados-alvos a organização pode atender melhor, planejar produtos, serviços e programas mais adequados que satisfaçam estes mercados, mas também convocar todos que participam da organização e pensar e servir os consumidores.’’ ( MASO, 2010 p 3)

Afinal, o que é o marketing digital?

Nada mais é do que o ‘marketing tradicional’ aplicado ao ambiente digital. Ponto final. Trilhões de teorias tentarão dizer que isso é mentira, entretanto, cegar-se para a realidade é dar um chute na própria competitividade.

A revolução da internet mudou a maneira como nos comunicamos e tratamos os dados. E essas duas mudanças interferem diretamente nas decisões estratégicas de todas empresas. A gestão ganhou novos subsídios fundamentais. Desde para a concepção de um novo produto até para as estratégias de relacionamento. E isso é um pouco do que é o marketing digital.

Só para termos uma ideia, em 2010, a população mundial gerava a cada dois dias CINCO EXABYTES de informação. Hoje, se produz essa mesma quantidade a cada três minutos. De imaginar que os jornais impressos de apenas um único domingo já tinham mais informações do que os maiores reis da antiguidade tiveram acesso em toda sua vida. Imagina então nessa era digital? Aliás, como Walter Longo bem fala, vivemos na Era Pós Digital. O digital já chegou e explodiu o mundo. Agora vivemos nessa era pós explosão. Poucas são as empresas que conseguem viver sem Instagram, Facebook, Snapchat e WhatsApp. Isso porque estou falando apenas de plataformas simples para os micros e pequenos. E não significa que posts aleatórios nas fanpage`s são suficientes.

Em minha cidade, Santos/SP, 99.9% das agências rotuladas “marketing digital” estão longe de pratica-lo. Limitam-se em apenas criar, aleatoriamente, artes para posts em mídias sociais ou então criação sites. É essa a ideia errônea e pobre que vendem para os clientes: “Olha, invista no marketing digital, faça seu site e cuidamos das suas redes sociais e suas vendas aumentarão”. E obviamente o resultado não chega, fazendo os clientes se irritarem, criando uma barreira, inclusive, com as agências que sabem o que fazem.

Planejamento é o oxigênio do Marketing Digital. Entender o mercado e o público alvo é fundamental para chegar-se ao resultado. As agências estão mais perdidas que os próprios clientes, desperdiçando rios de dinheiro em ações irrelevantes e inúteis. O amadorismo é tão grande, que nem as métricas para ter uma mensuração correta do que está ocorrendo as agências sabem.

Marketing Digital é muito mais do que um post no Facebook ou a criação de um site mobile. Marketing Digital é um investimento que as empresas precisam fazer para entender o que está acontecendo no mercado, através da captação dos dados e, também, comunicar-se de maneira efetiva com seu público alvo, entregando conteúdos relevantes. A era de ficar fazendo comercial falando bem de si, já passou. As empresas precisam se vender para os consumidores entregando conteúdo de valor para eles. E nem isso as agências sabem fazer. Vejam as páginas de Facebook ou Instagram, amadorismo puro. Conteúdo ZERO.

As próximas inovações e novos produtos/serviço serão oriundos das empresas que investem pesado no marketing digital aliando-se ao Big Data para entender os comportamentos e necessidades, para tomar a decisão de desenvolver algo novo.

Existe um abismo entre o que as pessoas dizem que querem, e o que elas, de fato, querem. Já dizia Henry Ford: “Se eu perguntasse aos meus clientes o que eles queriam, responderiam-me cavalos mais velozes”. Nunca, na história da humanidade, foi tão fácil mensurar comportamentos. E o marketing digital tem um papel fundamental na coleta desses dados que servirão como mensuração.

O marketing digital é muito mais importante do que você imagina. É a maneira de desvendar os mistérios desse universo chamado “internet”. E ele tem a essência do marketing tradicional. O que evoluiu foi o ambiente e as ferramentas para lidar com esse novo ambiente.

Texto publicado originalmente no Medium.

Thiago Vieira

Consultor de negócios. Contato pessoal: [email protected]

Opinar





Livro Marketing de Conteúdo

Patrocinadores

Web EstratégicaMonetizze

Mantenedores

LaharSEMRushLeadLoversSambatechClint.digitalUnbounce