Nova Escola de Marketing

8 ações para você entender marketing de conteúdo

Veja a seguir uma lista de marcas e ações que chamaram a atenção nos últimos tempos. Bons exemplos para conhecer e melhorar o seu repertório, entender marketing de conteúdo e ver porque funciona.

Red Bull

Quem acompanha marcas e content marketing sabe que a Red Bull é uma das mestres nessa estratégia. Vale a pena acompanhar os canais da empresa para aprender mais. É muito conteúdo de qualidade relacionado a esportes radicais, aventura e ENERGIA.

O destaque fica para o Red Bull Stratos.

Planejada durante anos, a ação tinha o objetivo de “transcender os limites humanos”. Um paraquedista subiu 39.045 quilômetros, ou seja, foi para o espaço, com roupa de astronauta e tudo: e caiu em queda livre em direção à Terra.

Rompeu a barreira do som antes de abrir o paraquedas e aterrissou ileso. Felix Baumgartner saltou depois de 7 anos de preparação, da concepção do projeto até conclusão.

Veja a versão curta do salto:

A transmissão ao vivo foi acompanhada por 8 milhões de pessoas. O canal do You Tube teve 87 mil novas inscrições, posts da missão alcançaram 900mil curtidas e 83 mil compartilhamentos. A ação ocorreu em outubro de 2012.

O universo promovido pela Red Bull é de esportes radicais, com muitos vídeos de tirar o fôlego, coberturas esportivas, eventos e poucas menções diretas à marca. Como poucas marcas conseguem, a Red Bull conseguiu tornar-se uma marca editora, “tornando-se o próprio show” ao invés da propaganda. Para isso, a empresa lança longa-metragens, revista impressa (Red Bulletin) e produz conteúdo bom o suficiente para ser comprado por jornais.

A revista é um bom exemplo de como fazer conteúdo de verdade pensando no consumidor. Com uma distribuição de 5 milhões de exemplares, não possui controle editorial a favor da marca, ou seja, fala do universo da marca, mas não da marca, colocando-se como uma publicação de estilo de vida em primeiro lugar, um produto da Red Bull em segundo. Veja a versão nacional da revista aqui.

 Maionese Hellman’s

Faz um tempo que a marca está mostrando para seus consumidores em campanhas que maionese pode ser mais do que um ingrediente a mais no lanche e pode ser usada em receitas. E não há jeito melhor de fazer isso que dando as receitas, não é? Tática usada há anos pela indústria de alimentos.

Mas a Hellmann’s resolveu fazer diferente de mais um site ou canal de receitas. Em parceria com o supermercado St.Marché em São Paulo, desenvolveu uma forma de dar uma receita aos compradores de maionese, combinando os outros ingredientes do carrinho.

Quando a pessoa compra somente a maionese ou outros produtos não alimentícios, recebe uma receita qualquer (com maionese, sempre). Mas se no carrinho estiverem, por exemplo, frango, alho, azeitonas, o sistema busca nas 160 receitas de base, quais tem esses ingredientes. E então o consumidor recebe em sua nota fiscal de compra uma receita combinando esses ingredientes. Veja abaixo.

  Missão Diplomática dos Estados Unidos no Brasil 

Tirar visto, viajar para os EUA a trabalho, não é tão simples na hora de tirar a documentação. São muitas as dúvidas, principalmente para os marinheiros de primeira viagem.

A embaixada americana no Brasil resolveu oferecer um excelente serviço de perguntas e respostas em vídeo, esclarecendo as principais dúvidas dos viajantes.

Os vídeos são bem informativos e claros, disponíveis no site como a série “Pode perguntar”.

E tem um canal no YouTube com diversos vídeos, com conteúdos para brasileiros que desejam ir aos EUA E americanos que estão vindo para cá.

 Patagonia                       

A Patagonia é uma marca de roupas esportivas, com acessórios para esportes na neve, trilhas, roupas impermeáveis, jaquetas para proteção, etc.

Seu público, é portanto, formado por pessoas interessadas em roupas resistentes, confortáveis e em aventuras.

Muito antes de marketing de conteúdo tornar-se uma tendência, 50% das páginas do catálogo da marca eram dedicadas a ensaios. Em 2005, fundaram um blog sobre questões ambientais, que combina perfeitamente com o espírito de aventura de seus consumidores.

E agora a marca está com uma boa audiência no Tumblr, com blogs sobre esportes (os próprios praticantes criam conteúdo) e o mais especial de todos, o Tumblr Worn Wear (“roupa usada”), onde os consumidores mandam fotos de suas roupas já desgastadas e contam como elas foram usadas em suas aventuras pelo mundo. É uma forma de aliar histórias das pessoas, depoimentos de consumidores, com a prova de que as roupas são realmente resistentes. Ação perfeita para o público e produto.

tumblrmarketingdeconteúdo
Clique na imagem para ampliar.

 

 

 Rede de hotéis Four seasons

Nem todas as ações precisam ser maravilhosas como as da Patagonia e nem tão elaboradas como a da Hellmann’s. A rede de hotéis resolveu usar o Pinterest, uma rede social na qual muitas empresas nem pensam em investir.

O objetivo foi conectar os hotéis da rede espalhados pelo mundo e fornecer informações para os viajantes, tudo com localização dos pins em um mapa (place pins). Foram criados perfis individuais para cada um dos resorts, com muito conteúdo sobre turismo, o que o público-alvo de fato adora. A marca usa o Pinterest também para promover campanhas de e-mail marketing.

marketingdeconteudofourseason
Clique na imagem para ampliar.

Para ter sucesso, a marca passou a monitorar os assuntos mais populares na rede social, conseguindo aumentar em 900% o número de usuários que interage com seus conteúdos. Foi registrado um aumento de cliques diários para o site oficial de até 1700%, um resultado maravilhoso, além do que não se pode medir, como o aumento de confiança na marca, divulgação e relacionamento.

 

Starbucks

A rede de cafés queridinha dos americanos tem um alto engajamento em redes sociais, sempre utilizando de duas estratégias:

– imagens bonitas e como não dizer, apetitosas;

– interatividade e estímulo para os seguidores publicarem.

O conteúdo é baseado em diversão e entretenimento, com muitas estratégias sazonais que acompanham os produtos (drinks novos na primavera, por exemplo).

Mas o destaque comentado aqui fica para o Instagram. Com mais de 2,5 milhões de seguidores, a marca posta fotos dos produtos e estimula seus clientes a fazerem o mesmo, em momentos de descontração. Muito disso vem das personalizações e do próprio atendimento da rede, como as embalagens de café personalizadas, com os nomes das pessoas, desenhos, corações, etc.

Star
Clique na imagem para ampliar

A iniciativa de permitir que os seguidores controlassem em grande parte o conteúdo postado (sempre com hashtag focada na campanha atual) foi uma jogada ousada, que deu certo. A marca se mostrou jovem, descolada e interativa.

Existe sorteio de bebidas para quem compartilhar conteúdo, influenciadores que adoram a marca e também a promoção de conteúdos em outras redes sociais.

Outro destaque fica para o My Starbucks Idea, um blog corporativo que funciona como um canal para consumidores darem suas sugestões, avaliadas por todos os consumidores com likes ou não.

 

Nike

A Nike tem uma estratégia de mídia tão ampla que fica difícil copiar, mas vale para se inspirar a cobrir vários canais e principalmente, pensar na palavra segmentação.

A marca possui diferentes contas sociais para esportes específicos, lugares e até produtos, com mais de 100 contas no Twitter, 20 no Facebook, incontáveis no Instagram.

nike
Clique na imagem para ampliar

Outra estratégia da marca para criar vínculo com seus consumidores – resumindo bastante, pessoas que gostam de esportes – foi o desenvolvimento de aplicativos de saúde. São monitores de batimentos cardíacos, velocidade e outras funções, utilizadas inclusive por não compradores dos produtos, porque os downloads em geral são livres. Torna-se uma conexão com a marca, ou seja, todo um sistema de serviços que complementa o produto que foi vendido para a prática de esportes. É preciso dizer que o aplicativo da Nike deu certo porque foi realmente útil para seus utilizadores e não uma criação só para “marcar presença”.

A Nike informou que as novas estratégias de marketing digital a fizeram diminuir 40% o orçamento destinado para anúncios de TV e impressos.

nikeinstagram
Clique na imagem para ampliar

        

A marca tem mais de 8 milhões de seguidores no Instagram no perfil Game On, World, um site criado para os usuários medirem seu desempenho em atividades e compartilharem suas realizações, como motivação, um case que se torna um exemplo no marketing esportivo.

 

Virgin America

Muitas companhias aéreas tem substituído as explicações chatas, monótonas, porém importantes das comissárias de bordo por vídeos. O melhor deles – e mais viral – é o da Virgin America, com nove milhões de visualizações no YouTube, numa coreografia animada que explica tudo sobre segurança. O vídeo é um exemplo de como conteúdo pode ser criado para ajudar as pessoas, de uma forma mais divertida. Todo atendimento da companhia na verdade é voltado para oferecer uma experiência melhor para o cliente.

A companhia encoraja seus clientes a compartilharem em redes sociais como foi a sua experiência de vôo, com a hashtag #vxexperience.

O próprio dono da companhia (dono de todo o grupo Virgin), Richard Branson, já protagonizou muitas histórias engraçadas. Não faz muito tempo, perdeu uma aposta e se vestiu de comissária de bordo em um dos vôos da companhia como pagamento. 

Richard_Branson

Anônimo

Rafael Rez

Autor do bestseller "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI". Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor de Pós e MBA em diversas instituições de ponta: HSM, FGV, Insper, ESALQ/USP. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

1 Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Olá boa tarde!

    Gostaria de parabenizá-los pelo excelente conteúdo. Muito Bom!!!

    Por acaso vocês teriam outros cases de sucesso relacionado a turismo, hotelaria?

    Abraços…

Patrocinadores

Web Estratégica

Apoiadores

SEMRushRD StationLeadLoversiSet E-CommerceiSet E-CommerceActiveCampaignReporteiSERPstat