Keynote de Joe Pulizzi na Conferência Mundial sobre marketing de conteúdo

Essencial de Marketing Digital

Na conferência mundial do Content Marketing Institute, Joe Pulizzi, fundador do CMI, abriu o evento com um Keynote apresentando dados do mercado de marketing de conteúdo.

Joe abriu a Conferência apresentando alguns dos resultados de um estudo ainda em andamento, realizado pelo CMI em parceria com a MarketingProfs, que pesquisou 2.400 profissionais de marketing em grandes empresas na América do Norte, Europa, Reino Unido e Austrália. Os resultados completos serão divugados em algumas semanas após o evento, mas ele destacou algumas descobertas da pesquisa:

Táticas de marketing de conteúdo

Noventa por cento dos profissionais de marketing estão fazendo alguma forma de marketing de conteúdo, usando uma média de 5,5 táticas.

As táticas mais comumente usadas:

  • Artigos no próprio site: 84%
  • Mídias Sociais (não incluindo blogs): 86%
  • Newsletters: 78%
  • Eventos presenciais: 68%
  • Artigos em outros sites: 68%
  • Estudos de Caso: 63%
  • White Papers: 52%
  • Webinars: 51%

Estas porcentagens são entre 7 e 15% maiores do que no ano passado.

Quais táticas de marketing entrevistados acharam mais eficazes? Entre as 11 principais:

  1. Vídeos
  2. Webinars
  3. E-mail newsletters
  4. Blogs
  5. Artigos em sites próprios
  6. Pesquisas Online
  7. eBooks
  8. White Papers
  9. Mídias Sociais (não blogs)

marketing de conteúdo e Mídias Sociais

Quais as Mídias Sociais mais utilizadas entre os profissionais de marketing de conteúdo?

  • Facebook: 82%
  • Twitter: 78%
  • LinkedIn: 74%
  • YouTube: 63%
  • Google +: 39%
  • Pinterest: 28% (não disponível na pesquisa do ano passado)
  • Slideshare: 19%

Orçamentos

Para fornecer algum parâmetro, Joe também realizou uma pesquisa com os 1.000 profissionais na sala do Content Marketing World sobre os orçamentos de marketing de conteúdo.

Dos presentes, 75% tem planos de aumentar seus investimentos em conteúdo nos próximos 12 meses, 11% disseram que seu orçamento permaneceria o mesmo, 2% prevêm uma diminuição no orçamento e 13% não sabiam dizer como ficaria seu orçamento. Por outro lado, a pesquisa CMI/MarketingProfs constatou que 54% dos profissionais pretendiam aumentar os gastos de 2012 para 2013.

Enquanto os participantes anteciparam que 31% de seu orçamento de marketing será direcionado para o marketing de conteúdo (contra 26% da pesquisa de audiência do ano passado), apenas 36% dos profissionais que responderam à pesquisa da CMI/MarketingProfs acreditam que seu marketing de conteúdo é eficaz. Isso demonstra que a maioria dos profissionais de marketing de conteúdo ainda está lutando para encontrar justificativas, retorno do investimento, integração, processos de trabalho e aprovação da Diretoria Executiva ou Presidência.

O termo marketing de conteúdo é relativamente novo: mesmo tendo começado a ser utilizado em 2000, ele não se tornou realmente popular até meados de 2009 nos Estados Unidos. Por isso mesmo é que estamos todos aprendendo e trabalhando juntos. Ainda temos um longo caminho a percorrer.

Com mais de 1.000 pessoas de mais de 20 países presentes no CMW 2012 para saber mais sobre marketing de conteúdo, parece que finalmente o mercado mundial acordou para esta tendência. 2013 pode ser o grande ano da virada para que as marcas acordem para esta nova forma de relacionamento.

Rafael Rez

Rafael Rez

Autor do bestseller "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI". Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor de Pós e MBA em diversas instituições de ponta: HSM, FGV, Insper, ESALQ/USP. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

Deixar Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Patrocinadores

Web EstratégicaMonetizze

Apoiadores

SEMRushLeadLoversUmbler Hospedagem de Sites