Nova Escola de Marketing

Onde buscar inspiração para manter o conteúdo fluindo

Se você não é um jornalista, escritor, redator ou um profissional de conteúdo, certamente precisa de “inspiração” para produzir conteúdo. O problema não é só seu. Acredite: até os melhores escritores ficam sem idéias em algum momento. Veja como fazer seu Marketing de Conteúdo funcionar a partir de boas idéias de conteúdo.

“Se você tem uma laranja e troca com outra pessoa que também tem uma laranja, cada um fica com uma laranja. Mas se você tem uma idéia e troca com outra pessoa que também tem uma idéia, cada um fica com duas.”
– Confúcio

Mas como os melhores são poucos e raros (em qualquer área do conhecimento humano, aliás), as pessoas normais precisam de processos ou de modelos para conseguir produzir de forma Consistente, Convincente e Contínua.

Algumas pessoas desenvolvem uma capacidade incrível de observar o mundo e gerar perguntas em série. Respondendo a estas perguntas, geram conteúdo original de boa qualidade.

Outras pessoas precisam consumir muito conteúdo para poder cruzar informações de diversas fontes e gerar algo minimamente aceitável para elas. O calcanhar de Aquiles nesses casos é que tenderão a se comparar com as suas fontes e desejarão produzir conteúdo de qualidade similar, o que pode ser uma tremenda barreira criativa.

PENSAR PRIMEIRO, FAZER DEPOIS

Para ajudar a resolver o problema da falta de idéais, os profissionais de marketing de conteúdo criaram uma ferramenta simples e muito eficiente: o Calendário Editorial.

O Calendário Editorial é uma ferramenta indispensável para a maioria dos projetos de conteúdo. Além de manter um Cronograma de produção e publicação, também ajuda a lidar com a questão da inspiração. Como seres humanos, estamos sujeitos a flutuações da capacidade criativa e a dias ruins, por isso um estoque é sempre o aliado número 1 contra imprevistos e qualquer natureza de problemas, até mesmo falta de inspiração.

Já ouvi que inspiração é para artistas, que profissionais são pagos para produzir e não para bancar o “geniozinho criativo”. Mas aprendi a me prevenir contra imprevistos, e isso também inclui o famoso “deu branco”.

Num dia bom, em que o texto flui e as idéias parecem brotar aos montes sem esforço, aproveito e deixo fluir qualquer idéia, por mais fraca que possa parecer. Pode chegar o dia em que todas as idéias boas já tenham sido produzidas e seja aquela idéia mais ou menos a me salvar. Para isso, sempre mantenho um Banco de Ideias, sejam elas boas ou ruins. A cada ciclo de produção, algumas destas idéias se tornam conteúdos e outras continuam lá, esperando a sua chance de ser aproveitadas.

Num brainstom com pessoas de diferentes áreas podem surgir ideias melhores e piores, mas a princípio não é bom descartar nada, apenas priorizar. Uma ideia fraca pode crescer e se desenvolver quando pintar aquela pergunta sem pé nem cabeça nos comentários do blog ou quando um cliente fizer uma pergunta aparentemente esdrúxula no contato do site.

Para fazer seu conteúdo render, seguem alguns passos que ajudam o profissionais de conteúdo a fazer acontecer:

1. Tome nota. Anote tudo que vier à mente. Aprendi a andar sempre com um pequeno bloco de notas na mochila antes da era do smartphone. Hoje quase não uso mais caneta e papel, acabei trocando por aplicativos de anotações. O Evernote é excelente, e uso também o bloco de notas do Android.

2. Use alertas. A maioria das ferramentas de monitoramento de Mídias Sociais permite criar alertas. O Google Alerts também avisa toda vez que um novo conteúdo com as palavras monitoradas é encontrado pelo ronô do Google.

3. Participe de eventos do setor. A maior parte das grandes idéias surge conversando com pessoas do seu segmento de mercado. Meus melhores aprendizados aconteceram nos corredores de eventos, nos bastidores.

4. Siga boas fontes. Sigo páginas e blogs criativos de pessoas que admiro sobre temas como criatividade, inovação e compilados de boas idéias.

5. Aposte na serendipidade: navegue por sites, Pinterests, Tumblrs e blogs de outros mercados em busca de boas sacadas. Ideais que dão certo em outros mercados podem ser adaptadas e reinventadas no seu mercado.

6. Converse com seus leitores! Cada comentário, cada e-mail respondido, cada pedido de opinião tem embutida alguma sacada de conteúdo que pode virar um post, um vídeo ou até mesmo uma apresentação.

7. Analise seu Google Analytics (ou qualquer outra ferramenta de métricas) regularmente. As palavras-chave que geram visitas ao seu site, sejam orgânicas ou patrocinadas, são uma ótima fonte de ideias para produzir conteúdo.

8. Espione os seus concorrentes. Use o SEMRush para saber quais palavras seus concorrentes compram em Campanhas de Links Patrocinados e quais geram visitas orgânicas para o site deles. O SEMRush é um investimento que se paga muito rápido, e funciona melhor que a ferramenta de palavras-chave do próprio Google!

9. Faça pesquisas com seus clientes. De tempos em tempos, pergunte aos seus clientes sobre a sua empresa, sobre o mercado e sobre porquê eles escolheram a sua empresa. Eu uso o Google Forms para fazer isso. É simples, barato, eficiente e mostra pontos de vista bem diferentes daqueles que as empresas pensam ser a verdade. Como diz o Vice-Presidente da Coca-Cola, Jonathan Mildenhall, “coisas incríveis acontecem quando você fala com os seus clientes”.

10. Tome um café com pessoas que não concordam com a forma como você pensa. Isso mesmo! Já tentou provar seu ponto de vista para alguém que acha que você está completamente errado? Esta pessoa vai fazer de tudo para derrubar os seus argumentos. Se você conseguir anotar argumentos que possam convencer estes céticos, será mais fácil convencer as pessoas normais.

11. Dica bônus: quando tudo mais falhar, faça uma lista, como a deste post. Listas sempre salvam o dia!

São formas de fazer marketing que não parecem marketing, e essa é a forma mais genial de se posicionar no mercado: ajudar seus clientes a conhecer seu produto, seu serviço e sua marca, de forma que nem considerem contratar outra empresa. Se o conteúdo colaborar nesta missão, você estará fazendo um ótimo Marketing de Conteúdo!

Se estas dicas foram úteis para você, deixe seu comentário e compartilhe este post no Facebook! Posso contar com você?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Patrocinadores

Web Estratégica

Apoiadores

SEMRushRD StationLeadLoversiSet E-CommerceiSet E-CommerceActiveCampaignReporteiSERPstat