Nova Escola de Marketing
Plano de Negócios

Como construir um Plano de Negócios de Sucesso

Essencial do Marketing Digital

O principal objetivo de um plano de negócios é provar ou não a viabilidade financeira de um empreendimento. Seja uma indústria, comércio ou prestação de serviço.

No final da sua realização, o plano de negócios deve responder a uma simples pergunta: vale a pena investir nesse projeto ou não?

Imagine quanto esforço, tempo e dinheiro seriam poupados se um empreendimento seguisse esse roteiro. Pesquisas já demonstram que a taxa de sucesso de um negócio sobe muito quando os seus planos são formalizados, ou seja, você para e pensa antes de realizar um negócio.

Se o plano de negócios tem essa importância, por que muitos projetos começam sem esse plano?

As respostas são muitas…

– Falta de experiência dos empreendedores e executivos na elaboração do projeto;

– Falta de informações para o desenvolvimento do plano de negócios;

– Imediatismo presente na cultura brasileira;

– A falta da real percepção da importância desse instrumento antes de abrir um empreendimento.

Para ajudar você neste projeto, segue um roteiro de elaboração que será bem útil na construção do seu plano de negócios.

  1. Definição do ramo de atividade, produto ou serviço
  2. Mercado consumidor
  3. Mercado fornecedor
  4. Mercado concorrente
  5. Recursos materiais
  6. Recursos humanos
  7. Recursos financeiros
  8. Definição do preço do produto
  9. Modelo de comercialização
  10. Projeções financeiras
  11. Custos
  12. Receita operacional
  13. Capacidade de pagamento
  14. Análise financeira
  15. Avaliação dos riscos/ Perspectivas de lucro e crescimento
  16. Outros aspectos a serem levados em consideração na avaliação do Plano de Negócios

Todas essas etapas precisam ser seguidas na construção do Plano de Negócios. Uma vez que as etapas forem cumpridas e a qualidade de informação do plano estiver completa, pode-se então realizar a análise financeira e a avaliação dos riscos e perspectivas de lucro do investimento.

Quanto mais assertiva a informação, maior será a qualidade da avaliação para a tomada de decisão sobre o empreendimento. Sendo assim, todo esforço é valido para a obtenção desses dados.

Critérios de avaliação

A avaliação do Plano de Negócios toma como base alguns critérios financeiros. São eles:

V.P.L. Valor Presente Líquido

Calcula o valor presente de pagamentos futuros descontados a uma taxa de juros apropriada, menos o custo do investimento inicial. Ou seja, o investimento no plano de negócio paga o investimento realizado?

Lucratividade

É o resultado da atividade econômica da empresa. Esse é um dos principais objetivos da empresa.

Payback (Retorno)

Calcula o número de períodos ou quanto tempo o investidor irá precisar para recuperar o investimento realizado. Ou seja, em quantos meses terá o retorno do que investiu.

Taxa Interna de Retorno

A Taxa Interna de Retorno (TIR) é uma fórmula utilizada para calcular a taxa de desconto que teria um determinado fluxo de caixa para igualar a zero o seu valor presente líquido. Resumindo: seria a taxa de retorno do investimento em questão.

Esse indicador mostra quanto o plano de negócios dará de retorno. Precisa ser comparada com outras taxas de investimento do mercado para definir se o empreendimento é atrativo ou não.

EBITDA

Sigla de “Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization”, que significa “Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização.

Trata-se de quanto uma empresa gera de recursos através de suas atividades operacionais, sem contar impostos e outros efeitos financeiros.

Esse é um dos principais indicadores do fluxo de caixa da empresa porque avalia se o negócio gera caixa operacional. Demonstrando mais claramente a eficiência do negócio. Esse é um dos principais indicadores utilizados para a compra e venda de empresas no Brasil.

Ponto de Equilíbrio

O ponto de equilíbrio é a combinação de valores-chave que mostrarão qual o montante de receita mensal suficiente para cobrir todos os seus custos fixos e variáveis. É um cálculo para descobrir a partir de que ponto a empresa consegue se pagar e passa a ter lucro.

Fluxo de Caixa do Plano de Negócios

O fluxo de caixa é, com certeza, um dos pontos mais importantes de um empreendimento. Porque diz respeito a todo volume de entrada e saída de dinheiro na empresa. Em momentos de crise e escassez de recursos, precisamos lembrar que o caixa é o coração da empresa. E uma organização com liquidez tem saúde para manter as suas operações em dia.

A projeção do fluxo de caixa de um plano de negócios traz as projeções de receitas e despesas, as necessidades de reinvestimento em ativos fixos e o capital de giro.  Ele considera apenas as entradas e saídas efetivas de dinheiro.

O horizonte de um plano de negócios pode ser de 3 a 5 anos porque nesse período será possível verificar o retorno sobre o investimento e a lucratividade anual do negócio.

Para o fluxo de caixa representar a realidade da liquidez da empresa, ou seja, a sua disponibilidade financeira, é importante separar na avaliação de caixa o que representa aplicações e empréstimos. Isso porque o foco do negócio é gerar resultados da sua operação e não de capital de terceiros ou aplicações em investimentos.

Fatores críticos de sucesso na realização do Plano de Negócios

O sucesso de um plano de negócio depende de alguns fatores, como:

– Experiência dos profissionais que irão desenvolver o negócio. Um currículo relevante demonstra resultados que aplicados ao novo empreendimento pode alavancar o negócio mais efetivamente;

– O setor onde o negócio vai existir. Se for uma área onde o número de competidores é grande, o investimento poderá ser maior e o retorno pode demorar mais. Setores mais maduros do mercado fornecem barreiras para novos empreendimentos;

– O grau de inovação da ideia. Projetos e ideias inovadoras têm maior capacidade de realização e um potencial de crescimento acima de 100%. Por isso, testar o produto antes de lançar é fundamental para o mercado experimentar e dizer se essa inovação é relevante ou não.

Viabilidade mercadológica

A elaboração da análise de viabilidade mercadológica é considerada por especialistas uma das partes mais importantes do plano de negócios, pois permite conhecer a fundo o mercado em que se pretende atuar, certificando-se de que há demanda real pelo produto/serviço que deseja oferecer.

Para tanto, deve-se compreender o ramo de atuação, estudar o comportamento de compra do mercado consumidor, identificar os concorrentes e sua atuação no mercado e fazer uma análise dos fornecedores

Definir números tecnicamente é fácil porque depende de poucos profissionais experientes para fazê-lo. Mas, lançar um produto e ver o mercado adquirindo o seu produto nos diversos canais que a sua empresa vai criar para comercializá-lo é fundamental.

Recomendamos que seja realizada uma pesquisa de mercado para testar a reação dos consumidores em locais e pontos estratégicos.  Essa pesquisa pode ser feita fisicamente e virtualmente.

Quanto mais dados nessa amostra, melhor será a avalição da viabilidade mercadológica. É importante investir tempo e dinheiro nesse ponto porque um investimento pode ser comprometido se não houver aceitação do mercado.

É importante ir para a rua, testar cada canal nos pontos de venda e registrar a reação e a aquisição do público-alvo frente ao novo produto/serviço oferecido.

Conclusões e Recomendações

O Brasil é um dos países mais empreendedores do mundo. O número de startups cresce muito a cada ano. Porém, existe uma grande diferença entre empreender e gerir um negócio.  Realizar um plano é o primeiro passo na gestão de um negócio que poderá realizar os seus sonhos e os seus desejos no futuro.

Por isso, recomendo fortemente a realização do plano de negócios porque a taxa de sucesso que quem faz está acima de 30%. É só verificar o número de empresas que abre e fecha no país. Quanto maior a gestão em nossos negócios, mais profissionais serão os empreendimentos e melhores serão os resultados.

Quer fazer parte desta estatística seleta de empreendedores de sucesso? Então, não perca tempo. Baixe um simulador de Plano de Negócios, onde você poderá materializar tudo que falamos neste artigo.

Boa leitura e sucesso na aplicação!

Maicon Putti

Maicon Putti

Cursos de Marketing Digital

Deixar Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.
















Patrocinadores

Web EstratégicaMonetizze

Apoiadores

SEMRushLeadLoversUmbler Hospedagem de Sites