Nova Escola de Marketing

Estratégia de Conteúdo

Como não fazer mais do mesmo

Todas as empresas que querem se engajar no marketing de conteúdo ainda estão de certa forma tentando descobrir a estratégia editorial correta a seguir.

E isso só faz sentido se a busca pela estratégia certa estiver aliada á identidade da empresa e ao perfil do público, que precisa ser pesquisado primeiro.

Mas a verdade é que nesse meio tempo agências e empresas estão acumulando pesquisas de mercado sem saber realmente o que dá mais certo – e por isso uma das regras é testar sempre.

E como conseguir foco?

Algumas marcas bem sucedidas tem adotado uma estratégia: focar em um único universo de conteúdo em torno de um assunto e trabalham muito bem esse assunto. A Red Bull é um exemplo quase clássico, que adotou essa estratégia em três etapas:

– Definição de um tema pelo qual o público-alvo é apaixonado (no caso do Red Bull, esportes radicais, disseminados pelas ações da empresa);

– Concentrar-se nesse assunto;

– Tornar-se referência no assunto, falar sobre ele melhor do que ninguém.

É comum que nas estratégias de conteúdo as marcas tentem cobrir muitos assuntos ao mesmo tempo, mas talvez essa não seja a melhor estratégia. É porque você acaba fazendo mais do mesmo: muito conteúdo e pouco realmente relevante. Mais do que isso, compete com a atenção dos meios tradicionais e torna-se mais um número na piscina olímpica de conteúdo em que se encontra o consumidor, bombardeado com excesso de conteúdo todos os dias.

O exemplo acima mostra para quem está planejando sua estratégia editorial que talvez seja uma boa ideia concentrar-se em um tema e criar um conteúdo matador sobre ele.

É o que provavelmente você já ouviu sobre marketing de conteúdo: mostre-se como um expert no seu assunto.

Isso significa que para gerar o efeito esperado pelo marketing de conteúdo é preciso ter algo realmente a dizer. O problema é que para dar conta de, supostamente, tanto a ser dito e em tantos canais – outro aspecto da estratégia de conteúdo a ser considerado cuidadosamente – que a empresa acaba reproduzindo um monte de conteúdo medíocre, fora de contexto ou perdido em meio a todo conteúdo da internet. É quando a empresa se torna parte do barulho.

O fluxo de informações é tão grande que acaba atrapalhando ao invés de ajudar. Com tantas fotos, textos, vídeos, áudio, opiniões, como sua empresa está se destacando?

A saída para esse marasmo é a criação de relacionamento. É preciso estabelecer uma conversa, ouvir as pessoas para ser ouvido. E nesse ponto, adotar um foco só tem a ajudar.

Rafael Rez

Autor do livro "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI". Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2013. Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor de Pós e MBA em diversas instituições de ponta. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

Opiniões



Livro Marketing de Conteúdo




Patrocinadores

Web EstratégicaMonetizze

Mantenedores

LaharSEMRushLeadLoversSambatechClint.digitalUnbounce

Marketing focado
em resultados!  

Receba o melhor conteúdo de marketing no seu e-mail toda semana: