A derrota da seleção brasileira e as marcas

Essencial do Marketing Digital
Imersão em Negócios para Agências e Consultores Digitais

Um evento do porte da Copa do Mundo conta com patrocinadores gigantes e uma operação publicitária extra para aproveitar a exposição. Todas as marcas patrocinadoras utilizam no Brasil o discurso óbvio de que nossa seleção seria ganhadora, invocando força, garra, união, patriotismo, etc.

Mas o que fazer em caso de uma grande derrota?

A possibilidade de derrota com toda certeza entra no briefing publicitário, é um grande risco que se corre. Mas e quando a derrota é vexatória, com um 7×1 que ninguém esperava?

O risco era o de inflar haters e manchar o bom resultado obtido no restante do campeonato. Ao mesmo tempo, era importante se posicionar, porque o conteúdo de todas as propagandas era emocional, então era importante demonstrar sentimento também na hora da derrota.

As marcas demoraram, como alguns torcedores perplexos, a reagir depois do jogo. 24 horas após a partida a maioria das marcas não havia se posicionado. A Sadia foi uma das únicas. A campanha original mostrava a torcida infantil com o mote #JogaParaMim e foi substituída pelo Seleção #tamojuntinho, no dia 09/07.

A Nestlé fez uma postagem no Facebook: “Brasil, faz bem estar juntos. Seja qual for o placar”

O Itaú declarou no Twitter: “A dor é grande, mas o orgulho de ser brasileiro é maior. Estamos juntos, Brasil”. As propagandas institucionais voltaram e acabou o uso de #issomudaojogo.

Uma das melhores frases foi da Hyundai.

hiunday

Veja outras reações.

visa

macdonalds

gatorade

A Nike se manifestou logo depois.

nike

 

Mas no dia 13/07 divulgou o vídeo a seguir, com a frase O Amanhã Começa Agora, continuando a ideia anterior de Ouse Ser Brasileiro.

No dia 11/07  saiu o vídeo da Coca-Cola. Deixamos a reação da Coca-Cola por último por dois motivos: havia uma operação de guerra, com uma sede com profissionais só para a Copa do Mundo e bem, foi uma das melhores reações na nossa opinião. Storytelling e Branded Content, acompanhe:

E você, o que achou? Viu outras reações bacanas? Deixe seus comentários para gente!

Rafael Rez

Rafael Rez

Autor do bestseller "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI". Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor de Pós e MBA em diversas instituições de ponta: HSM, FGV, Insper, ESALQ/USP. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

Deixar Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.














Patrocinadores

Web EstratégicaMonetizze

Apoiadores

SEMRushLeadLoversUmbler Hospedagem de Sites