Como gerar visitas orgânicas para sua loja virtual

Olá, eu sou Rafael Rez e hoje a gente vai falar um pouquinho em como conseguir visitas para a sua loja virtual sem investir em mídia.

Olá, sou Rafael Rez, especialista em marketing de conteúdo e hoje eu quero falar com você que tem um e-commerce, que tem uma loja virtual e que precisa vender online. Muitas lojas virtuais acabam ficando escravas da compra de mídia. Elas começam a escalar as vendas comprando anúncios no Google AdWords. Mas qual é o problema disso? Vai ficando cada vez mais caro ao longo do tempo. Quanto mais visitas você precisa, mais mídia você tem que comprar.

E agora que o Adwords só tem 4 espaços para você anunciar, a competição por esses espaços tende a ser cada vez maior e ao longo do tempo, a curva de preço vai crescendo e vai fazendo com que você tenha que pagar cada vez mais caro para atrair audiência. Qual é a solução para um e-commerce se tornar sustentável? É ele conseguir aparecer no Google sem precisar pagar pelo tráfego. É você conseguir usar o trinômio de tráfego de e-mail, tráfego orgânico ou tráfego natural do Google e o Google AdWords.

Para você utilizar o AdWords, você precisa monitorar quais são as palavras-chaves que mais convertem no seu e-commerce para que você só compre os anúncios daquelas palavras que realmente tendem a vender. Para que as pessoas conheçam a sua marca e cheguem ao seu site, você precisa aparecer em todas aquelas outras buscas nas quais o usuário entra, navega pelo site, conhece o produto, mas não necessariamente vai comprar naquele momento. É dessa forma que você constrói o que a gente chama de tráfego orgânico.

Hoje, no Brasil, a soma entre tráfego orgânico, links patrocinados e e-mail marketing corresponde a mais de 60% das vendas da maior parte das lojas online do Brasil. Só que tem outro dado que é muito doloroso: mais de 85% das lojas virtuais no Brasil não fazem 10 vendas por mês. É por isso que a maioria dos donos de loja virtual fica extremamente frustrada porque é difícil você conseguir atrair audiência sem comprar mídia. Qual que é a solução para isso? É você investir em conteúdo.

Quanto mais conteúdo você tiver dentro do seu site sobre os produtos que você vende, mais tráfego orgânico você vai gerar, mais pessoas vão se cadastrar no seu site e você vai poder se relacionar com elas através do e-mail. E aí o seu investimento em vídeo passa a ser utilizado com estratégias mais inovadoras, por exemplo, como remarketing. Você consegue fazer o seu conteúdo aparecer para essas pessoas, fazer com que elas voltem a sua loja no momento da compra e decidam comprar com você.

As grandes lojas virtuais, aquelas que são economicamente viáveis, que são lucrativas, que geram resultados para o empreendedor são as lojas que tem muito tráfego orgânico. Basicamente, quem inventou o SEO no mundo foi a Amazon. A Amazon que pela primeira vez utilizou técnicas de otimização de conteúdo para aparecer nos resultados do Google. E aí quanto mais as pessoas buscavam por informações dos livros, na época dos CDs, dos DVDs que a Amazon vendia, mais gente chegava gratuitamente no site e realizava compras.

Isso reduz o custo de aquisição de cliente e aumenta fidelidade do cliente. Quanto mais vezes uma pessoa faz uma busca e te vê nos resultados do Google, mais ela vai acreditar que a sua empresa é uma empresa idônea, que o seu negócio é um negócio que ela pode confiar porque você aparece em diversos resultados do Google. Quanto mais tráfego orgânico você atrair, mais clientes potenciais e fiéis você vai ter. Hoje, mais ou menos 75% das pessoas clicam em resultados orgânicos e 25% clicam nos links patrocinados.

Ou seja, se você só tá anunciando, você só tá alcançando um quarto das pessoas com quem você poderia tá conversando. E se você tiver aparecendo em resultados orgânicos, você consegue chegar a muito mais gente, ter um público muito mais amplo e potencialmente muito mais comprador do seu produto. As pessoas tendem a comprar mais através de resultados orgânicos do que de patrocinados. O mundo ideal na verdade é você juntar as duas coisas, aparecer no patrocinado, aparecer no orgânico, captar esse lead e conseguir manter um relacionamento por e-mail com ele.

Essa tríade de resultado patrocinado, orgânico e e-mail é o que leva a mais de 60% do resultado do e-commerce. Para você aparecer no resultado orgânico, você tem que fazer conteúdo para essa audiência. É por isso que hoje a maior parte dos e-commerces tem um blog. Grandes e-commerces já estão investindo em canais de vídeo específicos e fazendo reviews de produtos, entrevistando pessoas que são referência, autoridades na área, atletas. Aí vai depender do tipo de e-commerce que você tem.

Boa parte dos e-commerces, das lojas virtuais vende produtos personalizados, produtos feitos só por uma empresa ou feitos manualmente por um artista. Uma vez eu vi um caso de um e-commerce que era o buquê de Santo Antônio. Se você não conhece é um buquê cheio de santo casamenteiro, que é o Santo Antônio. A noiva arremessa esse buquê e aí os santos voam para todos os lados. Então em vez de só uma moça no casamento poder pegar o buquê, várias delas podem levar o santinho, põe ele de ponta-cabeça, deixa ele de castigo até arranjar um marido.

Então a moça fazia o buquê de Santo Antônio e vendia isso no e-commerce dela. Ela não fazia mais que 50 vendas por mês, mas era muito mais do que ela conseguia fazer com a loja que ela tinha numa galeria comercial. Então a estratégia do e-commerce é você desenvolver um blog, desenvolver conteúdo sobre os produtos que você tem e através desse conteúdo atrair a atenção, ganhar o tempo das pessoas e fazer com que elas compartilhem sobre o seu e-commerce.

Para receber mais dicas sobre como gerar audiência para o seu negócio digital e fazer o seu negócio digital decolar, continue acompanhando a série Marketing Hacks.

Rafael Rez

Rafael Rez

Autor do bestseller "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI". Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor de Pós e MBA em diversas instituições de ponta: HSM, FGV, Insper, ESALQ/USP. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

Deixar Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Patrocinadores

Web Estratégica

Apoiadores

SEMRushLeadLoversUmbler Hospedagem de Sites